Resenha: A Menina que Colecionava Borboletas - Bruna Vieira

Foto por: Cotocadequinta
"Quando passamos a ser independentes, nossos sonhos se tornam uma bússula,
e vamos descobrindo aos pouquinhos para que lado fica a felicidade."

Mês passado me deparei com o livro "Depois dos Quinze" na livraria, só na livraria eu li 90 páginas e tive que me segurar para não ler mais e comprar logo o livro antes que eu devorasse ele todo. Então quando eu soube que a Bruna iria lançar outro livro, tratei logo de comprar.

A menina que colecionava borboletas é um livro de contos, alguns inventados e outros que mostram um pouco da vida da Bruna (esses são meus favoritos), eles te fazem perceber que mesmo com toda a fama a Bruna é super humilde e é bem parecida conosco, é incrível como eu me via na maioria das crônicas, como de certa forma elas me ajudavam a me entender mais, me fez perceber que até coisas ruins que acontecem de certa forma servem para alguma coisa.

Foto por: diariodasquatro

Visualmente falando o livro também é lindo, a Malena Flores foi a responsável pelas ilustrações não só da capa como também de algumas que estão pelo livro que deixaram o livro ainda mais perfeito.

Sempre amei acompanhar os posts do Depoisdosquinze e a Bruna Vieira sempre foi um exemplo para mim, a forma como ela consegue viver do blog e fazer o que realmente gosta me deixa com um pouco de inveja, mas a Bruna é super humilde e consegue passar sinceridade no que ela fala, o que me faz gostar ainda mais dela.



Anime: Fairy Tail


"Lucy Heartfilia é uma jovem maga que deseja evoluir e tornar-se uma grande maga e sonha em entrar para uma grande guilda. Ela chega até a cidade de Hargeon, onde Natsu Dragneel e Happy desembarcam para procurar Igneel, o dragão que criou Natsu como se fosse um filho, e que um dia, repentinamente, sumiu. Lucy, encontra Natsu e Happy ocasionalmente, após envolverem-se com o perigoso criminoso Bora que tenta transformar Lucy em sua escrava. Após salvar a maga, Natsu, que é integrante de uma das mais famosas guildas, a Fairy Tail, convida a garota a juntar-se a guilda. Assim, Lucy ingressa na Fairy Tail, onde começa a viver todo tipo de missão perigosa junto com Natsu e Happy.

A história se passa em um universo conhecido como Mundo Mágico, uma terra onde a magia é usada em larga escala e os magos gozam de um alto status. Para organizar e facilitar a vida dos magos, surgem as guildas, organizações controladas pelo Conselho que, por sua vez, é controlado pelo Governo. Uma guilda funciona como uma "agência de empregos temporários": um cliente encomenda um serviço, um mago (sozinho ou em equipes) aceita a tarefa e caso seja completado com sucesso, há uma recompensa que varia de acordo com a periculosidade e grau de dificuldade da "missão". Contudo, assim como existem guildas "pacíficas" como a Fairy Tail, também existem guildas das "trevas", de mercenários, com fins e objetivos obscuros."



Sempre preferi assistir seriados, animes só assistia quando os seriados estavam em hiatus, então preferia animes pequenos de no máximo 24 episódios e começar a assistir um de 175 foi um grande avanço, me apaixonei pela história, caiu suor dos olhos em algumas cenas, morri de rir por outras, dormia tarde só pra assistir mais alguns episódios e agora estou em depressão pós-anime por causa de Fairy Tail, boatos dizem que o anime vai continuar esse ano mas depois de passar 1 mês fazendo maratonas de episódios, não ter mais nenhum para ver é um pouco depressivo e ainda a forma como ele acabou... o.ó vou começar a ler o mangá, mas ainda preferia assistir.

Mas deixando de lado a minha revolta, vamos falar sobre as coisas boas do anime, darei 4 motivos para você assistir Fairy Tail.

1) Diversão
Uma das coisas que no início me influenciou bastante a continuar a assistir foi esse gato azul super cômico e viciado em peixe. Mas não só tem ele responsável pela parte divertida do anime, até no meio das lutas eles tentam colocar algo divertido que deixa tudo perfeito, tipo o Gray e sua mania de tirar as roupas ;x.

2) Trilha Sonora

Tem músicas típicas de filmes da idade média quando ocorrem festas, a maioria das músicas remete a essa época, já os Opening e Ending tem um certo problema do opening ser bom e o ending ruim, ou ao contrário, mas não deixa de ter alguma legal.

3) Natsu + Lucy 
Preciso dizer que super shippo Nalu? 
Tipo, algum dia tem que acontecer ou pessoas vão morrer x.x

4) A Guilda

Fairy tail não é apenas o grupinho dos principais (Natsu, Gray, Ezra e Lucy) existem personagem secundários que são muito bem explorados, sem contar no sentimento de amizade e união que está sempre presente e faz da Guilda Fairy Tail, não só uma guilda mas também uma família super divertida e com muito amor.

Se ainda não estiver convencido a assistir, assista este amv:


Lendo:

Quote

Seguidores